• Ademir Piccoli

Tecnologias sociais: as redes sociais

"Ajudar um bilhão de pessoas a se conectarem é incrível, modéstia parte é, de longe, a coisa que eu mais me orgulho na minha vida". Mark Zuckerberg - criador do Facebook!


E você quantas pessoas você pretende ajudar com a inovação?





O conceito de tecnologias sociais é discutido entre os estudiosos. Parte dos pesquisadores entende as tecnologias sociais como aquelas que proporcionam uma interação com o públicos, através de blogs e redes sociais.


Porém existe outro conceito, que é aceito por parte dos pesquisadores. As tecnologias sociais seriam aquelas desenvolvidas especialmente para promover o desenvolvimento da sociedade, e assim, melhorar a vida das pessoas. Ou seja, o objetivo seria resolver um problema social.


Já um terceiro grupo entende que as tecnologias sociais são aquelas que proporcionam melhorias sociais, através das interações tecnológicas que acontecem através de blogs, facebook, instagram e outras redes sociais. Vamos utilizar esse terceiro conceito nesse artigo.


As redes sociais no Brasil - O brasileiro adora internet


A equipe de pesquisa da Mckinsey é conhecida por realizar pesquisas sobre tecnologias sociais. Em seu recente estudo demonstrou que a adoção dessas tecnologias vem aumentando ano após ano, sendo que hoje mais de 50% das companhias utilizam tecnologias sociais em prol do crescimento.


Dentre as tecnologias sociais, as redes sociais se sobressaem, observe os números


Ranking das redes sociais mais usadas no Brasil!


1 - Youtube

2 - Facebook -

3- WhatsApp

I4 - Instagram


A evolução dos serviços públicos


De acordo com o relatório feito pelo Digital In 2019, o Brasil conta hoje com 126,9 milhões de internautas, o que representa 70% da população. Somente no ultimo ano mais 10 milhões de pessoas passaram a se conectar na internet. Hoje, os brasileiros passam em média cerca de 3h30 por dia conectados às redes sociais. Somos o segundo país do mundo que passa mais tempo por dia usando a internet, perdendo apenas para as Filipinas.


Esses dados vão de encontro ao estudo que desenvolvi no livro 'Judiciário Exponencial'. O livro tem o intuito de mostrar o quanto as novas tecnologias podem ajudar o Judiciário a acelerar os seus processos. Nele eu mostro importância da maturidade digital da população em geral para que possam desfrutar dos benefícios que a inovação já está trazendo aos serviços públicos.


Carteira de Trabalho Digital; Título do Eleitor Digital; CRVL - (Certificado de Registro e Licenciamento do Veículo), são alguns exemplos de serviços públicos que facilitam a vida da população proporcionando mais comodidade, interação e agilidade nos serviços públicos.


Essa evolução só foi possível porque as lideranças estavam prontas implantar as mudanças de modo que, a população pudesse absorver aos poucos a transformação tecnológica.


Cidadão Digital no Centro das Estratégias


No livro, 'Judiciário Exponencial' abordo 7 premissas fundamentais para que o Judiciário possa se tornar Exponencial, explorando as tecnologias existentes. A 4ª Premissa que citei é o 'Cidadão Digital no Centro das Estratégias'. Isso significa que para que haja um real crescimento digital do Judiciário a população precisa estar preparada.


A maioria da população hoje está conectada, no entanto, o beleza do Brasil está nas suas peculiaridades. Cada região do país possui maturidade digital diferenciada. Por isso, é fundamental que sejam realizados trabalhos de inclusão digital diferentes no país de acordo com a região.


Quer saber mais sobre o livro 'Judiciário Exponencial', clique agora no botão abaixo e descubra!






3 visualizações

SIGA O PICCOLI

NAS REDES SOCIAIS

E receba grátis conteúdos de inovação e tecnologia. Se preferir, inscreva-se e receba e-mails semanais com os principais destaques.

  • Instagram
  • LinkedIn - círculo cinza
  • YouTube

Inscreva-se!

© 2023 por Bárbara Bartosiaki